Back To Top

Néctar Consulting

Automação de marketing: relacione-se melhor com os clientes

Automação de marketing faz parte do estrondoso crescimento do marketing digital na última década.

Só para ilustrar, 68% dos consumidores usam as redes sociais como fonte de informação antes de comprar um produto. Além disso, no ano de 2020 os e-commerces faturaram cerca de 33 bilhões de reais, o que representa um aumento de 104,2% em comparação a 2019.

A partir desses dados, fica fácil perceber a importância da automação de marketing nas operações online (B2B/B2C). Mas, você sabe o que são ferramentas de automação de marketing e como elas podem  ajudar a alavancar o projeto digital da empresa?

Então, confira nosso guia completo a seguir!

O que é automação do marketing?

Em resumo, automação de marketing é a utilização de tecnologia para automatizar ações realizadas pelos colaboradores. Como resultado, melhorar a execução das tarefas e, simultaneamente, reduzir os trabalhos manuais

Independente do tamanho da empresa, há diversas funções que devem ser executadas pelos funcionários. Sobretudo, tarefas burocráticas que demandam muito tempo e atenção, por exemplo, o envio de e-mails em massa ou resposta automática a clientes.

Dessa maneira, o tempo que o colaborador poderia utilizar para se comunicar com possíveis clientes é utilizado para suprir demandas que poderiam ser realizadas automaticamente.

Mas, por que usar uma ferramenta de automação de marketing na empresa se terei mais gasto ao ter que pagar novas ferramentas?

A princípio, seu gasto será maior. Contudo, a médio e longo prazo os custos serão menores graças à melhora da produtividade e, quem sabe, redução da equipe. mercados, farmácias, padarias, cabeleireiros, etc.

Importância de investir em ferramentas de automação de marketing

Um dos maiores mitos que envolvem o marketing é pensar que as estratégias existentes no mercado funcionam para qualquer empresa, independente da sua especificidade.

De fato, não importa se sua empresa utiliza três ou dez estratégias. O importante é ter constância, planejamento, execução, análise e, principalmente, resultado.

Não espere que uma ferramenta de automação de email marketing, por exemplo, faça milagres caso sua empresa só se comunique com o lead quando quiser vender algo. 

Como dito anteriormente, automação de marketing veio para substituir o cansativo trabalho manual através de softwares que aceleram os processos. 

Em suma, a ideia é ter um funcionário virtual que realiza todo o trabalho não-criativo do time.

Vantagens de implementar ferramentas de automação de marketing

Você consegue responder com exatidão quais os benefícios de uma ferramenta de automação de marketing?

Uma das maiores vantagens das ferramentas de automação de marketing é a promoção da escalabilidade do negócio. No empreendedorismo, escalar o negócio significa aumentar os lucros sem elevar os custos. 

Mas, por que será que utilizar automação de marketing faz com que o negócio se torne escalável? 

Em suma, porque estamos tratando de processos automatizados, em que não haverá gastos extras mesmo que a empresa eleve a quantidade de trabalho nas plataformas de automação.

Além disso, a eficácia no funil de vendas é outra boa vantagem ao implementar essas ferramentas.

O funil de vendas é um conjunto de gatilhos e etapas com o objetivo de facilitar a tomada de decisão dos leads e aquisição de novos prospects.

A saber, leads são potenciais clientes. Dessa forma, atraí-los e, principalmente, convertê-los em clientes durante a nutrição de leads é algo em que as ferramentas de automação de marketing são fundamentais.

Por fim, as ferramentas de automação de marketing viabilizam a redução de custos para adquirir novos clientes, também chamado de CAC.

Afinal, os colaboradores ficarão responsáveis somente pelo planejamento e análise de resultados das estratégias de marketing, sem obrigação de executá-las.

Como resultado, a equipe ganha mais tempo para fidelizar e adquirir novos clientes.

O que a automação de Marketing faz?

E-mail Marketing

O e-mail marketing é um dos instrumentos mais básicos de publicidade. Basicamente, o e-mail marketing utiliza o correio eletrônico para divulgação, fidelização de clientes, geração e conversão de leads.

Ao aplicar esse serviço de automação, poderá, além de programar os e-mails enviados, personalizando-os e acompanhar indicadores no pós-disparo. 

Ainda, melhorar a qualidade de conversão de leads através da inserção de informações relevantes sobre os leads e direcionar o tráfego de maneira mais eficaz.

Landing Pages

Além do e-mail marketing, podemos destacar a construção das Landing Pages

Também conhecidas como páginas de captura, o objetivo das Landing Pages é atrair novos visitantes, captar leads e nutrir os clientes já fidelizados com informação relevante. Algumas ferramentas de automação de marketing já oferecem a possibilidade de criar uma landing page para o usuário. 

Assim sendo, uma landing page bem estruturada é altamente capaz de captar leads qualificados mesmo que ainda não conheçam a empresa.

Lead Scoring

O Lead Scoring ou pontuação de potenciais clientes é um sistema muito importante para informar a equipe de gestão a situação dos seus leads. 

Em resumo, ela terá acesso ao perfil e aos principais interesses desses potenciais clientes. Portanto, poderá identificar pontos fortes e fracos a ser explorados. 

Com esse sistema, é possível priorizar, qualificar os leads e reduzir o CAC.

Ao priorizar e qualificar seus leads, você trabalha com usuários com maior possibilidade de serem convertidos em clientes. Como resultado, as ferramentas de automação de marketing aceleram esse processo ao fornecer uma análise mais detalhada.

A ideia é que, ao invés de sua equipe analisar perfil por perfil, um software fará isso automaticamente.

Nutrição de leads

A nutrição de leads é um termo que pode soar estranho para quem não trabalha diretamente com marketing. 

Mas não se assuste! Em resumo, a nutrição de leads é o ato de manter e conquistar os possíveis clientes. Ou seja, após atrair novos leads, montar uma estratégia para torná-los clientes.

Por consequência, a equipe responsável criará vários fluxos para direcionar esses leads. 

Aqui, uma das maiores vantagens da automação de marketing é nutrir os leads em menos tempo e de maneira mais eficaz.

Lead tracking

O lead tracking, como o próprio nome sugere, é mais uma ferramenta que envolve os leads.

Em primeiro lugar, grande parte das atividades do marketing de uma empresa não estão focadas na manutenção dos consumidores já existentes, mas sim na conquista de novos clientes

Nesse sentido, o lead tracking é uma ferramenta que permitirá o gerenciamento desses leads. A ideia dessa ferramenta é mapear as interações do lead com a empresa.

Sejam visitas a sites, blogs, redes sociais, download de e-books, participação em testes de produtos ou pesquisas, todos esses elementos são trabalhados no lead tracking. 

Ao descrever essa quantidade de tarefas, pode imaginar que uma ferramenta de automação de marketing é muito útil para otimizar o trabalho da equipe. Nesse caso, o próprio software registra todas as informações, gera um relatório e repassa ao responsável.

CRM

A princípio, devemos esclarecer que automação de marketing e CRM não são a mesma coisa, apesar de haver a possibilidade de uso conjunto.

Em suma, automação de marketing tem por finalidade automatizar trabalhos contínuos do setor de marketing. 

Por outro lado, o CRM é um software de gestão ligado ao relacionamento com o cliente. Basicamente, ele compila dados sobre os clientes e sobre suas interações com a sua empresa. 

A melhor maneira de utilizá-los é integrando o rastreamento de leads às informações sobre os clientes disponibilizadas pelo CRM.

Assim, sua empresa conseguirá atrair leads mais qualificados e, simultaneamente, mantê-los mais engajados durante a jornada de compra. Como resultado, ocasionará no aumento das vendas ao final do funil.

Participação entre canais

Algo que muitas empresas iniciantes na produção de conteúdo erram é acreditar que existe um método milagroso para a conversão de clientes. Saiba que nenhuma estratégia terá resultado se trabalhada de maneira isolada. 

Por isso, seu negócio deve investir no engajamento entre canais. Ou seja, interagir com seus leads através de mensagens personalizadas e conteúdo em todos os canais, desde SMS até e-mail.

Atualmente, a concorrência por atenção é muito maior do que há 10 anos, por exemplo. Assim, sua obrigação como gestor é encontrar os clientes, seja online ou offline, e se conectar com eles para fazer a conversão.

Só para ilustrar, você pode utilizar a automação de marketing aliada ao CRM para investir na participação entre canais. Com um calendário editorial de qualidade, será possível enviar conteúdo via SMS, mala direta, publicidade paga em rede social, eventos e muito mais.

Geração de tráfego

Com toda a certeza, a geração de tráfego é o que faz com que seu negócio tenha resultado, principalmente para e-commerces. Porém, não basta gerar tráfego para qualquer visitante, afinal, nem todos os visitantes estão ali com intenção de compra.

Para gerar conteúdo e, consequentemente, vendas, é preciso gerar tráfego qualificado. Em suma, o tráfego qualificado é aquele formado por visitantes reais com grande desejo de compra. 

Basicamente, um site pode gerar os seguintes tipos de tráfego:

  • Tráfego orgânico: sem a necessidade de investimento financeiro;
  • Tráfego pago: gerado a partir de cliques em anúncios pagos. Geralmente, os mais usados são o Facebook Ads e Google Ads;
  • Tráfego direto: aquele em que o usuário digita o endereço na barra de pesquisa, ou seja, sem direcionamento de conteúdo;
  • Tráfego social: gerado a partir das redes sociais;
  • Tráfego de referência: gerado a partir de um link em outro blog ou página, também chamado de outbound link. Nesse caso, é importante ressaltar a importância de guests posts na estratégia de marketing da empresa;
  • Tráfego de e-mail marketing: visitantes do site que assinaram a newsletter e continuam consumindo o conteúdo a partir dos links disponibilizados no corpo do e-mail.

Ao descrever todas as categorias de geração de tráfego, basta que sua equipe defina qual será a melhor estratégia nesse momento para utilizar a automação de marketing.

Nesse sentido, seria interessante utilizar estratégias casadas para geração de tráfego. Por exemplo, postar conteúdo no blog da empresa e utilizar a automação de marketing para divulgar esses conteúdos nas redes sociais. Assim, é gerado tráfego orgânico e social simultaneamente.

Personalização de conteúdo

Aqui, utilizar a integração do CRM e da automação de marketing será fundamental. 

Afinal, para a personalização de conteúdo funcionar é fundamental haver disponibilização de informações relevantes sobre os clientes. 

Consequentemente, ocorrerá a geração de mensagens, ofertas ou publicações conforme os interesses, comportamento ou maturidade do lead a depender em que fase do funil ele esteja.

Nesse caso, não há nada de novo do que já foi dito anteriormente. O segrego é utilizar a personalização em pequenos grupos e testar se as estratégias funcionam, em outras palavras, usar a técnica de teste A/B para personalizar o conteúdo.

Como a automação do marketing pode te ajudar no pós-venda?

O pós-venda é uma etapa que, geralmente, não é trabalhada com seriedade. 

Se eu já vendi, por que motivo preciso ter pós-venda? Se o cliente comprou uma vez, na próxima ele comprará novamente da minha empresa, certo?

Via de regra, está ERRADO! Geralmente, as empresas ficam muito ocupadas em atrair novos clientes e ficam desatentas sobre o tratamento concedido aos consumidores após a compra.

E por que esse momento é tão importante?

Em especial, para promover a fidelização dos clientes. Em suma, fidelizar um cliente é torná-lo fiel. 

Mas, fiel ao quê? A você? Sua empresa? Seu produto? 

Basicamente, torná-lo fiel a tudo isso. Em outras palavras, o objetivo da automação de marketing no pós-venda é fazer com que os clientes comprem novamente. 

Para comprar novamente de um comércio, seja eletrônico ou físico, é imprescindível que a comunicação com o cliente pós-venda seja eficiente.

Para isso, sua empresa pode fazer pesquisas de satisfação e elaborar relatórios com os resultados desses testes. Dessa maneira, é possível criar fluxos de relacionamento automáticos, de modo que sua empresa não perca o vínculo com o cliente, mas sem precisar gastar tempo alimentando essa relação.

Ademais, as ferramentas contribuem para manter os dados dos clientes sempre atualizados, enviar mensagens nos aniversários, trabalhar o e-mail marketing e outras mensagens automáticas.

Como escolher as ferramentas de automação de marketing?

Após descobrir o que são ferramentas de automação de marketing, você pode estar se perguntando: mas, como eu vou escolher a melhor ferramenta?

Há dezenas de softwares de automação disponíveis no mercado. Para escolher o melhor, siga esse passo a passo e, caso a opção escolhida não tenha algum desses atributos, repense sua utilização:

Defina os seus objetivos

Antes de escolher qualquer ferramenta, você precisa saber o que pretende alcançar com aquela ferramenta. Quer converter leads, fidelizar clientes ou aumentar o tráfego orgânico? 

Não estamos dizendo que uma ferramenta promoverá uma única solução. Mas, poderá trazer melhores resultados a depender da área;

Observe a usabilidade daquela ferramenta e o suporte oferecido pela empresa

Confira se aquele software é acessível, com um layout usual e que você ou seus funcionários conseguirão trabalhar. Não basta apenas ser recheado de funções se ninguém souber usar. 

Além disso, o suporte oferecido precisa ser razoável e linguagem utilizada precisa estar em um nível acessível para as equipes que não entendem de programação;

Tenha confiança no serviço que está contratando

Para construir essa confiança, busque por avaliações do software. Se possível, entre em contato com outras empresas que utilizaram os softwares e saiba como foi a experiência. T

Todavia, lembre-se que nem tudo que vale para a uma empresa será útil para você. 

Assim, não se valha unicamente pelas experiências alheias. Considere seu mercado, a dimensão de sua empresa, nicho e o valor de investimento em marketing.

Conclusão

Nesse artigo, analisamos o que é automação de marketing e como ela pode auxiliar sua empresa.

Quer saber mais sobre as ferramentas de automação de marketing? Acompanhe nossos canais e entre em contato conosco caso queira informações sobre os serviços de automação!